Sistema Eletrônico de Administração de Conferências, VII JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E I JORNADA DE TRABALHOS DE EXTENSÃO DO IF SERTÃO-PE

Tamanho da fonte: 
INFLUÊNCIA DA SUPERAÇÃO DE DORMÊNCIA E DIFERENTES SUBSTRATOS NA GERMINAÇÃO DO UMBUZEIRO (SPONDIAS TUBEROSA ARR. CÂM.)
Paula Vanessa Alves Delmondes, Farnézio Castro Rodrigues, Évio Alves Galindo, Aroldo Gomes Gomes Filho

Última alteração: 2012-08-30

Resumo


O umbuzeiro (Spondias tuberosa, Arr. Câmara) é uma planta nativa da região semiárida do Nordeste brasileiro, ainda explorada extrativamente, sendo seus frutos consumidos in natura ou de forma processada, como na fabricação de sucos, doces, sorvetes e licores. No umbuzeiro, a propagação é feita normalmente por semente, a qual se encontra no interior do endocarpo, sendo este denominado de “caroço”. A germinação é lenta e desuniforme, ocorrendo entre 12 e 90 dias, em média 40 dias após o plantio, com índice de germinação que varia de 30 a 70%, constituindo-se em um problema para a produção comercial de mudas. Um dos fatores que dificultam a propagação do umbuzeiro em larga escala é justamente esta dormência das suas sementes. Desta forma, qualquer trabalho que vise buscar uma melhoria da germinação destas sementes é relevante, visto que, esta desuniformidade contribui para a dificuldade de implantação de pomares comerciais desta cultura. Desta forma, este projeto visa superar a dormência das sementes submetendo as mesmas a diferentes métodos, quais sejam: T0, controle (sem superação de dormência); T1, Imersão em água a 50°C por 21 minutos; T2, Imersão em água à temperatura ambiente por 21 minutos; T3, Escarificação Química e T4, corte do tegumento. Além da superação o referido trabalho testará diferentes substratos na germinação das sementes do umbuzeiro, que são: areia; areia + solo; areia + esterco; solo + esterco; substrato comercial e vermiculita. Os resultados esperados poderão proporcionar conhecimentos técnicos sobre a cultura do umbuzeiro nas condições do Sertão do Araripe, propiciando assim, um direcionamento de estratégias voltadas para a melhor utilização deste recurso pelos produtores locais.


Texto completo: Sem título